“ ISTO É O MEU CORPO…”


Texto base:  Mat. 26: 26-28

Introdução: A última ceia foi celebrada na época da festa dos pães asmos em Jerusalém. Jesus, sabendo ser oportuna a ocasião, tomou um pedaço de pão asmo e disse aos discípulos: Isto é o meu corpo que é dado por vós.  O pão asmo é um pão feito sem fermento. O fermento nesta festa tipificava o pecado, portanto naqueles dias todo o povo de Israel  tirava todo o fermento existente em suas casas e os lançava fora.

“Examine-se, pois, o homem a si mesmo”I Cor. 11:28-31

O apóstolo Paulo ao instruir a igreja de corinto acerca de como celebrar a ceia do Senhor e sabendo que a verdadeira igreja é um corpo, o corpo de Cristo, também chamada de “um só pão”  e de: “unidade do corpo”, disse que todos devem neste momento, examinar-se a si mesmo e verificar se há algum fermento que possa contaminar todo o corpo. Esta é a hora de tirarmos todo o fermento da casa do Senhor, a igreja, fazendo um auto-exame,  confessando e deixando os pecados para que todo o corpo possa desfrutar da Santidade e alegria que Cristo conquistou para nós na Cruz:  Mat. 26:28

Lançai fora o velho fermento –  I Cor. 5: 7-8.

Tempos difíceis

A igreja de hoje precisa refletir e julgar o que a tem contaminado e a impedido de viver a plenitude de Cristo. Existe muito fermento que precisa ser retirado e lançado fora.  Em II Tim. 3:1-5, podemos analisar caso a caso a natureza e as conseqüências do uso destes fermentos e então nos livrarmos deles.

Egoísmo:  É onde o centro é você, tudo para você, as atenções tem que ser para você. Este é um fermento que está sempre em evidência em nossos armários espirituais.

Avareza: É quando todo investimento é voltado para satisfazer suas vaidades e desejos carnais não se importando com as necessidades dos outros.  Este é um dos fermentos prediletos que os crentes trouxeram do “Egito”. Jactância: É o crente encrenqueiro. Ainda tem o fermento dos  Arrogantes, que são os donos da verdade.  Porém um dos fermentos mais danosos é o da blasfêmia , pois quando  se fala mal  e se levanta contra as obras de Deus (tudo o que temos, o que somos ,o que vemos, o que recebemos… , porque está escrito que nEle existimos e nEle nos movemos, tudo pertence a Deus: as pessoas e toda a sua criação; então quando falamos mal e denegrimos qualquer coisa, estamos blasfemando contra aquele que tudo fez para a sua glória. Por isto é que devemos dar graças a Deus por tudo, abençoar e não amaldiçoar. Atentemos para a existência, em nossas prateleiras, de mais estas espécies de fermento:  Desobediência, ingratidão, irreverência, desafeição(quando nada é bonito ou interessante, somos frios e insensíveis); e ainda: Implacáveis, caluniadores, sem domínio de si, cruéis, inimigos do bem, traidores, atrevidos, enfatuados e mais amigos dos prazeres que amigos de Deus. Este próximo fermento é sorrateiro: ter forma de piedade, negando entretanto , o poder: É quando somos muito “bonzinhos” porém não há nenhum poder em nós. Nem quando oramos, nem quando aconselhamos, nem quando estamos juntos. Não há poder para influenciar ninguém a estar conosco nas nossas células e para convencer as pessoas a entregarem suas vidas a Jesus Cristo, são árvores sem frutos. Este fermento é o mais falso de todos , porque é um sofisma(uma mentira que se parece muito com a verdade e nos engana).

Esta  é, portanto , a outra face da Ceia do Senhor, onde, antes de nos preocuparmos com a vida dos irmãos, no tocante a  termos comunhão com eles, e ficar por isto examinando a vida da igreja, examinando o comportamento dos irmãos, dos pastores, dos métodos, e etc. devemos examinar a nós mesmos primeiro e tirar das nossas vidas todos estes fermentos, que tem sido verdadeiros venenos para o corpo de Cristo, a igreja. “E assim, comamos do pão e bebamos do cálice”. Comamos o pão sem fermento que é o verdadeiro sentido da nossa fé: “Cristo em nós, a esperança da glória para o mundo sem Deus”.

Obs.  Aos Líderes:  Depois desta reflexão, celebrem a ceia do Senhor em suas Células.

No amor do Senhor:

Pr. Rubens

IGREJA BATISTA DE CONTAGEM

AVISOS IMPORTANTES

 

INTERCESSÃO

 

SEGUNDA-FEIRA 19H

 

CULTO VIDA NOVA

 

SEGUNDA-FEIRA 20H

EVANGELISMO E CULTO COM APÓSTOLO VALDIR E A ESCOLA DO FOGO QUARTA-FEIRA 9H – 14H – 20H
 

COQUETEL DE CASAIS

 

SEXTA-FEIRA 19H30

 

REDE DE ADOLESCENTES

 

SÁBADO 16H

 

REDE DE JOVENS

 

SÁBADO20H

 

ENCONTRO ANUAL DE MÃES

 

SÁBADO 17/06 – 15H